frutas-vermelhas-2

O Poder das Frutas Vermelhas

1319

 O que a amora, framboesa, morango, cranberry e blueberry tem em comum?

Além de serem uma delicia, são classificadas de frutas vermelhas devido ao seu alto teor de antioxidantes, alcançaram o status de super alimentos. Suas cascas de cores que vão de vermelho a arroxeado, são ricas em flavonoides, antioxidantes que neutralizam a ação dos radicais livres (aquelas moléculas responsáveis por danos ao nosso organismo) e nos ajudam a combater o envelhecimento precoce da nossa pele.

Os benefícios dessas frutas bonitas e saborosas não param por aí. Os antioxidantes tem ainda papel importante na melhoria das funções cerebrais, do sistema imunológico e da visão. As antocianinas das frutas vermelhas, por sua vez, tanto ajudam a diminuir o desenvolvimento de tumores como também melhoram o funcionamento do cérebro.

A Amora, Framboesa e Morango, concentra boas quantidades de vitaminas e minerais. Além da vitamina C,  possuem silício, manganês, potássio, magnésio, vitaminas do complexo B e vitamina K. Esses nutrientes são essenciais para o funcionamento do organismo, pois controlam desde a produção de hormônios até o funcionamento do coração e do cérebro.

A Cranberry, uma fruta não muito conhecida no Brasil, é bastante procurada e consumida pelos mercados americano e europeu.  A Cranberry é famosa pelos benefícios à saúde do trato urinário.

O Blueberry (ou mirtilo), apesar de ter cor azul, pertence à família das frutas vermelhas e é um fruto que contém muitos antioxidantes, estes consistem num grupo de minerais e vitaminas. O consumo de blueberry traz benefícios à nossa saúde, como a melhora a nossa memória e coordenação motora.

 

Conheça nossa linha completa de frutas congeladas e polpas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>